quarta-feira, 11 de maio de 2016

Comissão de Educação se reúne com representantes do CEACO


No dia 10 de maio de 2016, ocorreu na câmara de vereadores uma reunião para encontrar solução para a falta de professores no CEACO.
A reunião foi convocada pela Comissão de Educação da Câmara de Vereadores, composta pelos vereadores Lucia Maria (Presidente), Edivaldo Apolônio (Arraia) e Manoel Afonso, que convidaram a direção escolar do CEACO, representantes de pais e alunos e o secretário municipal de educação.


A Comissão de Educação da Câmara de Vereadores deu início a reunião procurando sugestões de soluções, junto aos convidados ali presentes, para a falta de professores do CEACO.  Foram apresentadas algumas sugestões, uma delas foi se seria possível a prefeitura disponibilizar o professor Lennon Borges, pelo fato do mesmo está servindo ao município, para que ele pudesse assumir umas das disciplinas pendentes. Também  foi apresentada a decisão dos pais de contribuírem com um valor mensal para ajudar a possíveis professores estagiários a custearem as suas despesas com transportes.
A comissão ouviu tudo que ali foi passado, demostraram preocupação com a situação, mas o vereador Edivaldo Apolônio (Arraia) explicou que o município passa por dificuldades e que talvez não fosse possível tirar um professor do quadro do município, porque  as escolas municipais poderiam também ficar faltando professores.


A vereadora Lucia convocou o Secretario de Educação Carlos Tadeu para que ele explicasse melhor a possibilidade de ceder o professor Lennon, o que resolveria parte da situação. Logo após chegar à Câmara o secretário Carlos Tadeu foi sincero em dizer que o município está sofrendo muito pela falta de servidores e que a saída do Lennon deixaria um buraco no quadro de professores da rede municipal, e só seria possível essa substituição mediante novos contratos o que depende da autorização do prefeito George,  que se encontra em Brasília, sendo assim nada poderia resolver no momento.
Assim finalizou-se a reunião onde a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores juntamente com o Secretario de Educação e Direção Escolar ficou de se reunir em uma nova oportunidade, na quarta-feira,11/05/2016, com o secretario de administração Gildenor Ferreira, que responde pelo prefeito no momento, para assim buscar uma solução concreta.


Por Nicássio Ferreira e Lucas Cedraz

O CEACO CONTINUA SEM PROFESSORES EM ALGUMAS MATÉRIAS

     Ocorreu nesta terça-feira, dia 10-05-2016 às 10h15min, uma reunião com pais de alunos do ensino médio que estão sendo prejudicados pela falta dos professores no Colégio Estadual Aristides Cedraz.


     Inicialmente o diretor do colégio, João Pedro Oliveira, abriu a reunião relatando tudo que já foi feito para tentar solucionar o problema. Seguindo ele “já foram chamados 4 professores de Conceição do Coité e 2 do município de Serrinha, mas, todos questionaram a falta de condições de transporte e por isso não aceitaram vir trabalhar na escola”.
   Também foram contactados estudantes universitários das áreas de química e física para estagiarem, porém, foi questionado o valor a ser pago (apenas R$ 520,00) para a quantidade de aulas a serem dadas, além dos altos custos com o transporte já que no nosso município não há estudantes dessas áreas e assim, não obtendo nenhum sucesso. 


     Uma das mães de aluno do 3°ano propôs que cada pai desse uma quantia em dinheiro para ajudar com as despesas de transporte dos professores, o que foi aceito pela grande maioria que estava presente na reunião (cerca de 30 pessoas), combinando um valor de cerca de R$ 10,00 mensais. O vice-diretor do Colégio Edivan Carneiro concordou, porém, como pai e não como diretor, pois poderia haver denúncias e sobre cair complicações para a diretoria. 
     Ao fim da reunião, uma comissão de pais elaborou um termo de compromisso para que os pais que fossem de acordo assinarem se responsabilizando pelas consequências dessa solução temporária.  


    A reunião encerrou por volta das 11h15min, com algumas medidas sugeridas: 
- Pais propuseram contribuir financeiramente com os professores; 
- Procura de outros professores efetivos do estado em cidades vizinhas como: Candeal e Tanquinho;
- Entrar em contato com possíveis professores da nossa cidade: Maria Neja Carneiro e Lennon Borges;
- E ver a possibilidade de contratar, através de estágio, o estudante de química da Universidade de Feira de Santana Ivan Martins, que já atuou na escola no ano de 2015.

Por Virginia Carol